Em seu plano de expansão empresarial, no ano de 2009 a Imesa decide iniciar o processo de globalização, dando os primeiros passos rumo à entrada em um dos mercados mais importantes do setor hidrelétrico: a América Latina.

Em 2009 foram instaladas as primeiras grades e um limpa-grades na Argentina e, até o momento, nossas exportações não pararam de crescer, com projetos de grades, comportas e limpa-grades já realizados na Costa Rica, Guatemala, Panamá, Colômbia, Equador, Peru e Brasil, além de contarmos com representações comerciais em todos esses países.

Em 2014, começamos nossa atividade na Argélia, país onde estamos implantando diferentes comportas ensecadeiras para as ampliações do metrô de Argel.

Em 2015, começamos a participar de licitações internacionais no Canadá e nossa intenção é poder abrir mercado também em vários países do continente africano.
Atualmente, os projetos internacionais da Imesa representam 60% da nossa fabricação.